eu sei ...

posso repetir? posso repetir, sem sofrer no final? porque é q tenho q ser eu, porque será q nao sofres também. gostava de estar na tua pele, perceber a razão daquilo tudo. tentar perceber como te sentes agora, se ainda te lembras de mim, se ainda queres saber de mim. quando voltar, quando eu voltar vamos repetir, eu sei. eu nao quero, nao quero voltar a sofrer, mas a felicidade, aquela felicidade de poucos dias acaba por tomar a minha decisão. eu propria nem me percebo. eu quero, mas nao quero. e quando isto é assim, quando existem estas duvidas, acabo por nao resistir à "tentação". para ser feliz uns tempos e depois infeliz novamente. até lá, meses e meses como desconhecidos. chega o dia já somos conhecidos, mais q conhecidos durante o quê, uma semana? eu sei, eu sei q é uma parvoice, eu sei q só queres 'comer' gajas, é isso q adoras. e eu feita parva vou atrás. é giro, beija bem, é querido e faz-me o estomago a andar às voltas, eu aceito. devo aceitar também, por ter saudades de certas coisas q quero esquecer. és diferente comigo, mexes comigo e eu sou parva, muito parva.

12 comentários:

ana neves disse...

eu adorei este texto mesmo :$ tenho siiiim :3

Danii disse...

É difícil fazer certas escolhas e essa é uma delas, eu percebo-te :)

Catarina Bessa disse...

Eu tmbm gosto tanto de receber os teus comentarios Ritinha (:

Bom desafio esse. Estou curiosa! :D

Que bom é saber que tambem gostas de mim <3

Sabes? Depois de ler este post percebi que temos o mesmo problema. Do tipo, um rapaz giro que todas sonham ter. Mas que derepente deixa de nos falar sen qualquer justificação para aí um mês ou mais. E passado esse tempo voltam. E é tudo bom durante um determinado periodo de tempo. Imaginas quantas vezes ja foi embora e voltou e tornou a ir e regressou e assim sucessivamente. Para aí umas quatro. E neste preciso momento sinto que estou quase quase a perdelo. Estou mesmo. Voltou para a faculdade. Ponto. Não vou aguentar. Estou tão nervosa.
Sinto ca dentro tudo o que escreveste. :S

LY (L)

inês zép disse...

É, já tinha reparado :b
Tive mesmo MUITA sorte, é verdade! Mas gostava mesmo de repetir *.*

Catarina Bessa disse...

Já percebi o teu caso. Mas vocês vivem longe um do outro é Ritinha?
O meu caso é igual. Mas euposso ve lo sempre que quero e ele a mim, pois vivemos perto. Mas ele derepente deixa de me falar. E depois volta. N percebo! Parece que se cansa. N sei mesmo!
Nao amor. N namoramos. Nem nc lhe disse que gostava dele. É estranho , eu sei! :s

Catarina Bessa disse...

Oh. Ele n age nada bem contigo. Não é correcto. E sei que e dificil mas nos mulheres temos de mudar de atitude. Eles n merecem. E eles qd quiserem que chupem no dedinho. Eles gozam connosco. E mesmo assim. Por muito que doa e a verdade. :(

Sim, já ! Ainda desta vez que voltou n imaginas os dois dias que tivemos. Só matar saudades. Lindo lindo! Foi perfeito cmg. E agora... ...

sara disse...

É sempre dificil fazer-se escolhas, ainda por cima, sentindo o que sentes. Como te compreendo!

Cátia disse...

Minha querida tu não és parva, só fazes o que eu teu coração manda, se um dia tiveres de desistir ele vai-te dizer o que deves fazer :) ninguém te pode censurar disso , sei bem o que é e senti tantas pessoas a chamarem-me de burra e parva mas eu nunca dei ouvidos e sempre segui o que sentia mesmo que depois fosse bater com a cabeça na parede mas agora estou bem :) o essencial é ano deixares de gostar de ti e de te dar valor , isso deu-me força e ele também percebeu isso e também passou a dar mais valor :D

Catarina Bessa disse...

Temos coisas em comum (:

É tão mas tão dificil. Ves? Ainda hje disse que me ligavas as 5h. N o fez. Deve estar demasiado ocupado. Enfim. :S

Pois temos. Muito muito fortes que temos de ser querida (:

Cátia disse...

eu já senti isso , mas nós temos tanta força !

sara disse...

Oh não tens que agradecer:)

Nádia disse...

Tanto sentimento e amor, é preciso ter força e essa está dentro de nós. :)